Nota de Repúdio

O Sindiclubes expressa sua posição contrária à Medida Provisória 841, editada pelo executivo federal e que altera o sistema de transferência de recursos das loterias esportivas, principal fonte de verba do Comitê Brasileiro de Clubes. A opção por tirar recursos de apoio ao esporte, que formam jovens e os afastam de atividades violentas e da criminalidade, e repassar ao setor de segurança é, no mínimo, contraditória e imediatista.
A decisão imputa perdas aos Clubes, confederações (Fenaclubes), ao Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) e, principalmente, aos atletas olímpicos e paralímpicos em sua formação. Este decreto governamental, além de afrontar uma lei específica que estabelece as condições para o repasse dos recursos, acarretará em prejuízos aos clubes, os grandes responsáveis pelo desenvolvimento na formação de atletas e à criação de oportunidades através do esporte.
A MP 841 atinge, ainda, a discussão de Projeto de Lei em andamento na Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados, sobre a divisão de recursos das loterias e que tem como objetivo ampliar a geração de projetos para a preparação de atletas – incluindo o ciclo olímpico para os jogos de Tóquio, em 2020.
Cabe ressaltar a importância dos clubes na formação esportiva, instituições responsáveis pela formação de cerca de 80% dos integrantes das delegações que representaram o Brasil nos últimos Jogos, entre atletas e técnicos. Por essas razões, e considerando os prejuízos incalculáveis que a medida provisória trará à nação brasileira, repudiamos a iniciativa em nome dos clubes do estado do Paraná.
Ali Tarbine
Presidente do Sindiclubes-PR

Últimas Notícias

Dia do Tenista

Em homenagem ao Dia do Tenista, vamos celebrar o estilo e a resiliência! Seja nas quadras profissionais ou nos jogos amadores, encontramos a paixão por

Leia mais »

Parceiros

Entidades